Destino Pet: Foz do Iguaçu | PR

Eduardo Cavalcanti - Dedicato Turismo

Aí está um destino que é unânime no Brasil. Todo mundo que foi amou e não conheço ninguém que não iria. Sei que posso estar generalizando, mas nem ligo, o lugar é bonito demais!

Com uma das molduras naturais mais bonitas do mundo, Foz do Iguaçu é praticamente uma Torre de Babel. Além dos brasileiros, argentinos e paraguaios que dividem a região da Tríplice Fronteira, a cidade é visitada por gente dos mais diversos cantos do planeta. Todos atraídos pelas Cataratas do rio Iguaçu: um conjunto de 275 quedas d´água que chegam a 90 metros.  Os turistas encantam-se não somente com o visual, mas com as diversas maneiras de apreciá-lo.

Dentro do Parque Nacional, tombado como Patrimônio da Humanidade e uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza (muito chique esse nosso país), as opções são os mirantes e as passarelas. Nos arredores, há passeios de barco e helicóptero, caminhadas e rafting, sempre com as cataratas como pano de fundo. Parte da reserva pertence à Argentina e vale muito a pena cruzar a fronteira para descobrir os encantos do lado dos hermanos – é lá que fica a Garganta do Diabo, um dos saltos mais impressionantes.Garganta do diabo

Garganta do Diabo vista de cima

O país vizinho abriga também o cassino mais badalado da área, o Casino Iguazú, com roletas, caça-níqueis, poker… caso a sorte esteja a favor, guarde uns trocados para gastar em compras na paraguaia Ciudad del Este, logo após a Ponte da Amizade. Artigos como perfumes e bebidas saem a preços em conta e podem ser adquiridos em dólar ou real.

De volta à Foz, o passeio só fica completo com uma visita à Usina Hidrelétrica de Itaipu, com o tour técnico que leva às turbinas. Com tanta água nos arredores, a cozinha típica da região só poderia ser à base de peixes. Não volte sem experimentar o Pirá de Foz, preparado com os saborosos dourado e surubim, abundantes no rio Paraná.

Circular pelos três países, estando hospedado em Foz é bem fácil, esteja você de carro, táxi ou transporte público. Na matéria deste mês, eu reuní dicas fáceis de se fazer em um dia, e que não exijam pernoites em outros lugares. Aqui vai ter desde o basicão (quem tem a audácia de ir a Foz e não visitar as Cataratas?!) até lugarzinhos mais, digamos, inusitados (já ouviu falar em Salto do Monday?!). Tem também restaurante, passeio de barco. Tudo pra fazer sua viagem a Foz do Iguaçu ser única. Vou separar as dicas por países e cidades para facilitar um pouco as informações ok?!

BRASIL

Foz do Iguaçu

Visitar as Cataratas do Iguaçu – desculpa, mas não tem como começar de outro jeito. Esse ainda é o programa número 1 de quem vai a Foz. Mas, se você gosta de ser mais diferentão, aí vai:

Fazer o passeio Macuco Safari, dentro do Parque Nacional do Iguaçu. Resumindo: você vai de bote, com emoção, até bem pertinho das quedas das cataratas. É in-crí-vel!

Conhecer as instalações da Itaipu Binacional, a maior geradora de energia limpa e renovável do planeta e uma das maiores obras da engenharia moderna.

Assistir a um maravilhoso pôr do sol a bordo de um requintado barco no Porto Kattamaram, dentro da Itaipu Binacional.

Conhecer o encantador Parque das Aves, bem ao lado da entrada para as Cataratas. É onde você estará muito próximo de mais de 1000 aves de cerca de 150 espécies diferentes – sendo que 50% delas foram resgatadas de maus tratos e do tráfico. É o maior viveiro de aves da América do Sul.

Visitar o lindo Templo Budista. É um lugar de muita paz e que rende fotos maravilhosas. Não se paga para entrar.

Visitar a Mesquita muçulmana Omar Ibn Al-Khatab, que tem uns 15 metros de altura e se destaca pela arquitetura arábica. Lembre-se de respeitar as normas da cultura islâmica, como deixar os sapatos na entrada do templo ou, no caso das mulheres, cobrir a cabeça com um véu/echarpe/whatever.

Fazer o passeio de barco Encontro das Águas. Dura pouco mais de uma hora e é uma excelente opção de conhecer melhor Foz e suas cidades de fronteira sob um ponto de vista totalmente inusitado: navegando pelos rios Iguaçu e Paraná!

Tomar um café na Empório com Arte, uma mistura de cafeteria com galeria de artesanatos. O lugar é extremamente fofo e, detalhe, toda a decoração está à venda {não deixe de experimentar o brigadeiro de paçoquinha! ;P }

Comer uma pizza no Empório Santa Luzia. Mais um cantinho hiper fofo de Foz e com uma pizza deliciosa.

Visitar o Vale dos Dinossauros – programa ótimo para ir com crianças!

Ir ao Marco das Três Fronteiras de Foz. Dica: é um bom ponto para ver o pôr do sol, mas melhor ainda se visto desde o estacionamento do marco, de onde se tem uma visão ainda mais ampla do espetáculo.

Ir à feirinha de domingo de Foz do Iguaçu. É aquela feirinha típica: antiguidades, comidinhas, bebidinhas. Programa pra se sentir um local, e não um turista.

 

ARGENTINA

Puerto Iguazu

Aqui as Cataratas del Iguazu também não podem ficar de fora, certo? Existe a eterna discussão sobre qual catarata é mais bonita, a brasileira ou a hermana. Visite as duas e tire suas próprias conclusões.

Tomar um vinho acompanhado de azeitonas e frios como aperitivo na Feria de Puerto Iguazu. Lugar simples, nada turístico e muito frequentado pelos locais.

Comprar alfajor Milka de Oreo. Se você nunca comeu, não perca a oportunidade. Se já, sabe do que eu estou falando. Dica de onde encontrar: na feirinha que citei acima ou em grandes supermercados.

Comer uma parrilla no El Quincho del Tío Querido. Sim, o restaurante mais famoso de Puerto Iguazu, mas onde você encontrará a melhor carne da cidade (não deixe de comer também a panqueca de doce de leite!). E ainda poderá apreciar uma apresentação de tango. Se for fim-de-semana, aconselho a reservar mesa.

Comer uma massa artesanal maravilhosa no La Mamma, restaurante simples comandado pelo Francisco, um nordestino que já foi chef do Hotel Sheraton do Rio de Janeiro. Preço bom e pratos, além de saborosos, muito bem servidos. Experimentem as empanadas, muito bem recomendadas.

Cuidado, pois certamente irá se confundir na encruzilhada de sete ruas no centrinho de Puerto Iguazu. Sim, é exatamente isso: sete ruas se cruzam!

Assistir ao pôr do sol desde o Marco das Três Fronteiras de Puerto Iguazu e circular pela feirinha de artesanatos dali. E, se der sorte, ainda pegar o espetáculo de águas que rola lá – eu soube que ultimamente não tem muita data certa para acontecer, então é na sorte mesmo.

Tirar uma foto no meio da Ponte da Fraternidade, que liga Foz do Iguaçu a Puerto Iguazu. Mas tem que ser bem onde ela muda de cores: é que metade dela é pintada de verde e amarelo, e a outra de azul e branco – cada parte representando os países vizinhos.

PARAGUAI

Ciudad del Este

Se quer comprar eletrônicos, vá à Mega Eletrônicos. Os melhores preços e absolutamente confiável. Aceitam pagamento em dólar ou real e no cartão de crédito (mas cobram uma taxa extra para esse tipo de pagamento, além do IOF, que é obrigatoriamente cobrado pelos bancos do Brasil).

Para compras de luxo, vá à SAX Department Store. É um shopping super requintado quase em frente à Mega Eletrônicos e com as principais marcas de luxo do mundo, e muitas vezes com boas promoções. Lugar seguro, chique e que não cobra taxa extra nenhuma para pagamentos em cartão de crédito.

Almoçar ou jantar na SAX Palace, no último andar do shopping descrito acima. O lugar é lindíssimo e você com certeza comerá muito bem.

Atravessar a Ponte da Amizade de mototáxi. Negociar o preço antes, passar apreensivo pela imigração e cortar mil caminhos que você não faz ideia de onde vão te levar. Tudo isso faz parte da aventura. Dica: o preço da corrida desde o centrinho de Ciudad del Este até Foz fica em cerca de 15 reais, variando conforme a distância até seu destino final (essa dica é para os mais aventureiros ok?!).

Presidente Franco

Conhecer Saltos del Monday – são as cataratas paraguaias. Três quedas com mais de 40m de altura a cerca de 10km de Ciudad del Este.  E pra quem curte, o Parque Municipal conta com paredões para prática de rapel, trekking e alpinismo.

Viram que bacana vivenciar tantas experiências, inclusive em 3 países diferentes, em uma única viagem? E se organizarem bem dá para fazer essa viagem em 4 dias tranquilamente ou 3 dias um pouco mais corridos. Mas se tiverem 5 dias disponíveis, seria o ideal!

Ah! Uma última coisa: se você não se incluiu na primeira frase onde falei que Foz é unânime, vá e depois me conta 😉

Serviço

Dedicato Turismo

Templo Budista de Foz do Iguaçu
Rua Dr. Josivalter Vila Nova, 99 – Jardim California, Foz do Iguaçu – PR
Tel: (45) 3524-5566

Mesquita Omar Ibn Al-Khatab
Rua Meca, 599 – Jardim Central, Foz do Iguaçu – PR
Tel: (45) 3573-1126 / (45) 3025-1123
Funcionamento: Segunda a sexta, das 9h às 11h30 e das 14h às 17h30 / Sábado, das 9h às 11h30.

Empório com Arte
Av. das Cataratas, 569 – Vila Yolanda, Foz do Iguaçu – PR
Tel: (45) 3572-4240
Funcionamento: Terça a sexta, das 15h às 23h / Sábado, das 14h às 22h

Empório Santa Luzia
Rua Bartolomeu de Gusmão, 1080 – Centro, Foz do Iguaçu – PR
Phone: (45) 3028-1209

La Mamma
Calle Bonpland 217, Puerto Iguazú- Argentina

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *